Centenas de milhares acompanham cremação de cantor indiano

quarta-feira, 9 de novembro de 2011 12:08 BRST
 

Por Biswajyoti Das

GUWAHATI, Índia (Reuters) - Centenas de milhares de pessoas em luto, incluindo estrelas de Bollywood e políticos, reuniram-se nesta quarta-feira para a cremação de um dos mais famosos cantores de musica regional da Índia, Bhupen Hazarika, que ajudou a popularizar a cultura de uma região do nordeste do país.

Conhecido por retratar a vida social da região de Assam e falar em nome dos pobres, Hazarika, de 85 anos, era poeta, compositor, cantor, autor e cineasta.

"No triste fim do Dr. Hazarika, a Índia perdeu um de seus artistas mais talentosos", disse o primeiro-ministro Manmohan Singh, em comunicado.

Hazarika morreu em Mumbai, no sábado.

Milhares de seus admiradores choraram, enquanto a frase "Bhupen da houk Amor" (Que o irmão Bhupen seja imortal) era cantada à medida que o corpo era carregado pela cidade para ser cremado em uma pira.

Mais de meio milhão de pessoas visitaram o estádio onde ele cantou muitas vezes e onde seu corpo vinha sendo mantido desde segunda-feira.

Nascido em 1926 em Assam, ele obteve um diploma PhD na Universidade de Columbia, nos EUA, e cantou por toda a Europa, Estados Unidos e Ásia.

Famoso por sua voz de barítono e letras comoventes, Hazarika ajudou a chamar a atenção para sua terra natal no restante da Índia e exterior.

Amantes da música o chamavam de Poeta do Brahmaputra, um rio que atravessa Assam.