Justin Timberlake vai a baile da Marinha após pedido no YouTube

segunda-feira, 14 de novembro de 2011 11:58 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O encontro de Justin Timberlake com uma militar da Marinha norte-americana no sábado "foi uma das noites mais comoventes" de sua vida, disse o ator e cantor em seu site.

Cumprindo uma promessa feita à instrutora de combate da Marinha, Kelsey De Santis, Timberlake se vestiu formalmente para acompanhá-la ao baile do Batalhão de Instrutores da Marinha em Richmond, no Estado norte-americano de Virginia.

Em uma mensagem publicada em seu site no domingo, Timberlake disse que "quase chorou" durante um vídeo de homenagem aos membros da Marinha.

Kelsey, que pratica artes marciais mistas, convidou Timberlake ao evento por meio de um vídeo no YouTube em julho.

Ela se inspirou a fazer o pedido depois que ele incentivou publicamente sua colega de cena em "Amizade Colorida", Mila Kunis, a aceitar um convite semelhante feito por um militar.

"Você quer chamar minha amiga Mila?" disse Kelsey para Timberlake no vídeo. "Bom, eu vou te chamar e pedir para você vir comigo ao baile da Marinha no dia 12 de novembro."

Ela acrescentou: "Se você não puder, tudo o que eu posso dizer é: chore um rio para mim."

Timberlake disse em sua mensagem que os dois tiveram muito tempo para conversar antes da cerimônia, e que Kelsey falou de seu treinamento em artes marciais "com paixão, disciplina e respeito". Ele ficou impressionado com o modo como ela se preocupou com seu bem-estar durante o baile.

"Eu preciso dizer a vocês: não é todo dia que encontro uma garota de 23 anos e ela está mais preocupada em saber como estou me divertindo ou se estou confortável!", disse Timberlake no site. "Me fez perceber de repente que esse é o tipo de pessoa que nos protege e protege a nossa liberdade... A noite passada mudou minha vida e eu nunca esquecerei disso."

(Reportagem de Sheri Linden)

 
Justin Timberlake promove seu filme "In Time" em Berlim.  O encontro de Justin Timberlake com uma militar da Marinha norte-americana no sábado "foi uma das noites mais comoventes" de sua vida, disse o ator e cantor em seu site.
02/11/2011  REUTERS/Tobias Schwarz