Jovem retira ação de paternidade contra Justin Bieber

quarta-feira, 16 de novembro de 2011 18:18 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A mulher que alegava ter tido um filho com o cantor Justin Bieber retirou um processo de paternidade contra o artista canadense.

"Como dissemos desde o começo, é triste que alguém fabrique tal afirmação demonstravelmente falsa, maliciosa e difamatória", disse o porta-voz do cantor Matthew Hiltzik em comunicado nesta quarta-feira.

Mariah Yeater, de 20 anos, do sul da Califórnia, afirmava na ação judicial que teve um relacionamento com o cantor de 17 anos nos bastidores de um show no ano passado e que ele era o pai do bebê que ela deu à luz em julho. Ela pedia assistência para criar a criança.

Bieber negou repetidamente ser pai do bebê e se ofereceu para realizar um teste de paternidade. Um porta-voz do cantor disse que ele considera uma ação legal contra a mulher por difamação.

(Reportagem de Jill Serjeant)