Bob Seger lança álbum com sucessos antigos

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 14:55 BRST
 

Por Vernell Hackett

NASHVILLE, Estados Unidos (Reuters) - Quando integrantes da geração do baby boom ouvirem o novo lançamento de Bob Seger, "Ultimate Hits: Rock and Roll Never Forgets", talvez eles ouçam a trilha sonora de suas vidas.

As canções clássicas de Seger, como "Night Moves", "Old Time Rock and Roll", "We've Got Tonight" e "Tryin' to Live My Life Without You", poderão provocar cenas de flashback porque os sucessos tocaram muito no rádio nos anos 1970 e 1980.

Seger, de 66 anos, disse estar honrado com a sua marca na memória coletiva do pop rock e que nunca se cansa de apresentar seus antigos sucessos.

"Percebi que minha música estava causando um impacto quando vi o quanto fomos tocados nas rádios ao longo dos anos", disse Seger à Reuters.

"Tive muita sorte com relação a isso. Você é tocado quando as pessoas pedem suas músicas", afirmou ele. "Quando eu comecei tocando em bares, em 1962, 1963, as pessoas queriam ouvir 'My Funny Valentine' e "Stardust', queriam escutar os clássicos. De uma maneira engraçada, agora 'Against the Wind' é um clássico, e estou muito honrado com isso."

O novo lançamento de Seger, em 21 de novembro, marca a primeira vez que todos os seus principais hits foram reunidos em um mesmo álbum. A obra com dois CDs tem 26 faixas, incluindo seus sucessos mais recentes, "Downtown Train" and "Hey Hey Hey Hey (Going Back to Birmingham)".

O cantor e compositor tem tocado essas canções em shows concorridos numa turnê pelos Estados Unidos.

Após 50 anos na estrada, "acho que gosto de estar com as pessoas com as quais toco", afirmou ele. "Gosto da companhia deles e gosto da banda. Nós percorremos o país como um Exército."

O artista, que é de Detroit, afirmou que não fica entediado apresentando os sucessos antigos repetidamente.

"Ainda me conecto com as emoções originais de 'Beautiful Loser', que foi inspirada por eu ser um fã de Leonard Cohen. Ou com as de 'Night Moves', escrita em 1961 quando eu estava no colegial e era sobre o que meus amigos e eu estávamos fazendo naquele período da vida."