"A Árvore da Vida" leva prêmio Gotham de cinema independente

terça-feira, 29 de novembro de 2011 08:53 BRST
 

Por Chris Michaud

NOVA YORK (Reuters) - O filme "A Árvore da Vida", de Terrence Malick, e "Toda forma de amor", de Mike Mills, compartilharam na segunda-feira o prêmio de melhor filme nos Gotham Awards, um dos principais eventos dedicados às produções independentes de cinema. A cerimônia inaugura a temporada de premiações na indústria, que culmina com os Oscars.

As homenagens feitas para "A Árvore da Vida", um drama permeado por mistério, com Brad Pitt, e "Toda forma de amor", com Ewan McGregor no papel de um homem cujo pai (Christopher Plummer) assume a homossexualidade, foram um grande sucesso.

"Os Descendentes", de Alexander Payne, um filme que recebeu ótimas críticas e é um dos favoritos para o Oscar, com George Clooney, é um drama de família que se passa no Havaí. O filme foi indicado em três categorias, mas não levou nenhum prêmio.

Concorrendo na mesma categoria, "Toda forma de amor", do diretor relativamente novato Mike Mills, também levou o prêmio de melhor elenco na cerimônia, realizada em Nova York e apresentada pelos anfitriões Edie Falco e Oliver Platt.

Mills elogiou seu elenco e destacou Plummer ao dizer que "não havia nenhum bom motivo para Christopher Plummer acreditar em mim. Mas ele acreditou".

O prêmio de melhor documentário foi entregue a "Better This World", sobre dois amigos de infância no Texas que são acusados de tentar explodir uma convenção republicana em 2008.

A cerimônia dos Gotham Awards é promovida anualmente pelo Independent Feature Project, uma organização sem fins lucrativos fundada em 1979 com o objetivo de incentivar a produção cinematográfica independente.

(Reportagem de Chris Michaud)