Arquitetos holandeses se desculpam por projeto que lembra o 11/9

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 09:26 BRST
 

SEUL (Reuters) - Uma empresa holandesa de arquitetura pediu desculpas por um projeto de arranha-céu criado para o centro de Seul, o qual, segundo os críticos, se assemelha às torres gêmeas do World Trade Center em Nova York. O desenho enfureceu as famílias das vítimas dos ataques de 11 de Setembro.

O projeto para apartamentos de luxo, divulgado na semana passada, tem uma estrutura que sobressai no meio para acomodar piscinas, restaurantes, cafés e uma academia.

Parentes das vítimas dos ataques da Al Qaeda em 11 de setembro de 2011, nos Estados Unidos expressaram indignação, segundo informações na mídia norte-americana, acusando o projeto de ser uma campanha publicitária barata.

A empresa MVRDV disse que não tinha a intenção de criar uma imagem que lembrasse os ataques e não percebeu a semelhança durante a criação do desenho.

"Pedimos sinceras desculpas para qualquer um que tenhamos ofendido. Não era nossa intenção", disse a empresa em seu site.

A companhia não indicou se mudaria o projeto.

"Houve uma verdadeira tempestade na mídia e nós recebemos e-mails ameaçadores de pessoas enraivecidas, dizendo que éramos amantes da Al Qaeda e coisas piores", disse a MVRDV em sua página no Facebook.

O dono da obra deve decidir em março sobre os planos finais para o projeto.

(Reportagem de Jeremy Laurence)