Meninas nepalesas "se casam" com deus em antigo ritual

terça-feira, 31 de janeiro de 2012 11:12 BRST
 

Por Gopal Sharma

KATMANDU, 31 Jan (Reuters) - Bhintuna, de nove anos de idade, sentava-se sorridente coberta de joias e usando um vestido de noiva em brocado vermelho e dourado enquanto segurava uma bandeja de oferendas, esperando sua vez de participar do ritual que a casaria com um deus.

A estudante é apenas uma de centenas de meninas nepalesas que devem participar do ritual que as casará com o deus Vishnu ao longo do próximo mês, uma época simbólica de casamentos, segundo a tradição nesta nação profundamente religiosa e de maioria hindu.

"É divertido. Estou feliz por usar novas roupas e por estar com tantos amigos", disse Bhintuna.

O ritual, que ocorre antes que uma menina atinja a puberdade, é um dos três casamentos aos quais as garotas da comunidade Newar, que domina o vale de Katmandu, são submetidas em suas vidas.

Em um cerimônia posterior ela se "casará" com o sol ao passar 12 noites em um quarto escuro quando tiver 11 ou 13 anos, um ritual que lhe dá proteção adicional. Seu último casamento será com o seu marido real e humano, geralmente por volta dos 25 anos.

As origens da tradição são obscuras, mas Rajendra Rajopadhyaya, o sacerdote que conduziu a cerimônia, disse datar de pelo menos vários séculos.

O Nepal tornou-se uma nação oficialmente secular e aboliu sua monarquia hindu em 2008, mas a maioria de seus 26,6 milhões permanece profundamente religiosa.