Casas de leilão promoverão "teste" para mercado de arte

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012 15:31 BRST
 

Por Mike Collett-White

LONDRES, 6 Fev (Reuters) - Após as excelentes vendas de 2011, as casas de leilão voltam suas atenções para 2012, em meio a um otimismo cauteloso prevendo que a forte procura pelas grandes obras de arte (observada nos dois últimos anos) continue.

A Sotheby's e a Christie's, as principais casas de leilão do mundo, promoverão uma série de grandes vendas em Londres nas próximas duas semanas, nas quais as antigas rivais esperam arrecadar mais de 500 milhões de libras (800 milhões de dólares).

Nesta época no ano passado, leilões equivalentes arrecadaram no total cerca de 425 milhões de libras, embora o número tenha sido inflado pela venda de "Looking Closely", da Sotheby´s, que arrecadou 93,5 milhões.

Anders Petterson, diretor gerente do grupo ArtTactic, disse que há uma certa confiança de que o mercado de arte espante o blues econômico em 2012.

"No geral, o tom é neutro com um viés positivo", disse ele à Reuters, resumindo os achados do relatório "Art Market Outlook 2012", da ArtTactics, lançado na semana passada.

Depois de uma forte contração no fim de 2008 e ao longo de 2009 por causa da crise financeira, as vendas de arte dispararam em 2010 e 2011.