CNN suspende comentarista por frases homofóbicas no Twitter

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 20:45 BRST
 

LOS ANGELES, 8 Fev (Reuters) - A emissora CNN informou na quarta-feira que suspendeu o seu comentarista Roland Martin por causa de comentários homofóbicos feitos por ele no Twitter durante a transmissão do Super Bowl (principal jogo anual do futebol americano), no domingo.

"Os tuítes de Roland Martin foram lamentáveis e ofensivos. Um linguajar que humilha é inconsistente com os valores e a cultura da nossa organização, e não é tolerado. Dedicamos uma cuidadosa consideração a esse assunto, e Roland não irá aparecer no ar por enquanto", disse a CNN em nota.

Martin ironizou no domingo a propaganda de cuecas estrelada pelo jogador inglês David Beckham, que foi ao ar no intervalo do jogo, e zombou também de um atleta da equipe New England Patriot que foi visto de terno rosa.

Os comentários motivaram protestos do grupo ativista homossexual Glaad, que acusou Martin de estimular a violência contra gays.

"A CNN hoje assumiu uma forte posição contra a violência anti-LGBT e o linguajar que humilhe qualquer comunidade", disse Rich Ferraro, porta-voz da Glaad, em nota.

(Reportagem de Jill Serjeant)