Príncipe de Mônaco leva soco durante briga em boate de Nova York

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012 20:16 BRST
 

NOVA YORK, 20 Fev (Reuters) - O príncipe Pierre Casiraghi, de Mônaco, levou um soco no rosto durante uma briga no fim de semana em uma boate de Nova York, um caso que levou um homem ao tribunal sob a acusação de agressão, informou a polícia nesta segunda-feira.

Casiraghi, de 24 anos, neto da ex-atriz de Hollywood Grace Kelly, foi brevemente hospitalizado depois do incidente, de acordo com a mídia. A polícia informou que ele e outros três homens foram atingidos pelo ex-dono de restaurante Adam Hock numa disputa na boate The Double Seven por volta de 2h da madrugada de sábado.

Entre os feridos estava Stavros Niarchos, herdeiro do setor de transportes e ex-namorado da socialite Paris Hilton, de acordo com uma queixa criminal.

Casiraghi disse à polícia que ele foi atingido no rosto repetidamente, de acordo com a queixa, "causando uma laceração na face, hematomas, vermelhidão, inchaço e dor substancial."

Os outros três homens fizeram queixas semelhantes contra Hock, de 47 anos, cujo advogado disse que ele estava apenas agindo em legítima defesa.

"Um indivíduo conhecido agora como sendo o príncipe, a partir da queixa-crime, estava com outros homens assediando meu cliente e agindo como crianças, xingando e tentando atacar o meu cliente", disse o advogado de Hock, Sal Strazzullo.

Ele contou que Hock agiu em legítima defesa quando bateu o príncipe de 24 anos e membros de seu grupo. "A menos que você seja um ninja ou Bruce Lee, é muito difícil se defender de quatro homens", afirmou Strazzullo.

Hock foi liberado da Corte Criminal de Manhattan sem fiança, depois que ele se declarou inocente das quatro acusações de agressão, ele disse.

A polícia não quis comentar se os quatro homens sofreram ferimentos, afirmando apenas que "cada um foi atingido no rosto com o punho fechado."   Continuação...