Grande Rio encerra desfiles e tenta dar a volta por cima

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012 09:32 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 21 Fev (Reuters) - A capacidade de superação foi o tema da Grande Rio, última escola a desfilar na avenida, no início da manhã desta terça-feira. Depois de ter passado por um incêndio às vésperas do Carnaval 2011, a escola se inspirou na trajetória de atletas, políticos, figuras públicas, anônimos e até mesmo nações que por algum motivo precisaram dar a volta por cima.

Sob o enredo "Eu acredito em você! E você?", a agremiação de Duque de Caxias falou dos medos da infância à superação diária do povo brasileiro. Participaram do desfile atletas paraolímpicos, as mães das crianças que foram assassinadas em 2011 na escola Tarso da Silveira, no Rio de Janeiro,, e muitas celebridades.

O maestro João Carlos Martins entrou à frente da bateria. Ele, que perdeu os movimentos das mãos, já havia sido homenageado no Carnaval pela Vai-Vai, de São Paulo, em 2011, e que se sagrou campeã.

No esporte, a treinadora Georgette Vidor e o velejador Lars Grael, vítima de um acidente em que perdeu uma perna, participaram do desfile. O atleta iria velejar até Angra após ter passado pela avenida de pé durante todo o tempo. Ele afirmou a jornalistas que na ocasião do acidente se espelhou em exemplos de superação e que hoje é uma destas pessoas.

A passagem da escola também contou com muitas celebridades e artistas. As atrizes Isabel Filardis e Ciça Guimarães, e Lucinha Araújo, mãe do cantor Cazuza, dividiram o mesmo carro alegórico.

A Grande Rio passou pela avenida este ano com menos alegorias e menos alas, o que foi contrabalançado pelos tripés - espécies de carros alegóricos menores - de acordo com o diretor de Carnaval da escola, Tavinho Nogueira. "A Grande Rio não apelou. A escola mostrou a superação do lado positivo, sem mencionar o incêndio. Foi um desfile digno", disse.

Assim como outras escolas, a Grande Rio teve problema na entrada de um carro alegórico. "Houve falhas, mas pelo que a escola apresentou foi digna de brilhantismo", afirmou Nogueira.

A escola campeã vai ser conhecida na quarta-feira. Das 13 que desfilaram no Grupo Especial neste ano, duas serão rebaixadas. Uma agremiação do grupo de acesso será promovida no Carnaval 2013.

(Por Juliana Schincariol)

 
Em seu desfile a Grande Rio falou sobre a superação, e lembrou a recuperação do Japão após ser atingido por duas bombas atômicas na 2a Guerra Mundial. 21/02/2012 REUTERS/Sergio Moraes