Fashion Week de Milão teme temporada "gelada" este ano

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012 15:05 BRST
 

Por Antonella Ciancio

MILÃO, 22 Fev (Reuters) - Os estilistas italianos farão o máximo para chamar a atenção dos consumidores asiáticos e dos eventuais compradores de luxo remanescentes na Europa quando exibirem suas coleções para o outono/inverno de 2012 na Fashion Week de Milão.

A Gucci será a primeira na quarta-feira. Giorgio Armani e Prada também estarão entre os 72 desfiles atraindo milhares de compradores e a imprensa especializada. Todos esperam que 2012 não repita 2009, quando a crise nos mercados financeiros atingiu em cheio a indústria do luxo.

Prevê-se que as vendas da moda italiana caiam 5,2 por cento em 2012, em comparação com o crescimento de 5,5 por cento no ano passado, de acordo com a Câmara Nacional de Moda Italiana.

O declínio será a primeira desaceleração após dois anos consecutivos de crescimento na indústria que movimenta 60 bilhões de euros (79,59 bilhões de dólares) por ano.

"Nosso medo é ver de novo o que aconteceu entre 2008 e 2009, quando as vendas caíram 15 por cento", disse o presidente da câmara de moda da Itália, Mario Boselli, esta semana.