Príncipe holandês pode não sair do coma, diz médico

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 12:25 BRST
 

AMSTERDÃ, 24 Fev (Reuters) - O príncipe holandês Johan Friso, que foi soterrado por uma avalanche há uma semana enquanto esquiava na Áustria, sofreu várias lesões cerebrais e pode não sair do coma, disse seu médico em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira.

O filho do meio da rainha Beatrix, que abriu mão de seu direito ao trono há uma década, esquiava fora da pista perto de Lech, nos Alpes austríacos, quando foi surpreendido por uma avalanche. Ele ficou soterrado na neve por 25 minutos antes de ser retirado inconsciente, e desde então está em estado crítico.

"Como o príncipe ficou debaixo da neve por tanto tempo, não obteve oxigênio suficiente", disse seu médico, Wolfgang Koller, na coletiva de imprensa.

"A falta de oxigênio levou a uma parada cardíaca, que durou 50 minutos. Durante todo esse período o paciente teve que ser ressuscitado. Esse é um período excepcionalmente longo, podemos dizer que é um período longo demais", disse Koller.

Koller disse que se o príncipe de 43 anos, internado em Innsbruck desde 17 de fevereiro, chegar a sair do coma, sua "reabilitação levará meses, possivelmente anos".

(Reportagem de Tjibbe Hoekstra)