Estrelas do Oscar deslumbram fãs no tapete vermelho

domingo, 26 de fevereiro de 2012 22:32 BRT
 

Por Bob Tourtellotte

LOS ANGELES, 26 Fev (Reuters) - O clima começou a esquentar na tarde deste domingo no maior desfile de moda de Hollywood, o tapete vermelho diante do teatro onde serão entregues em Los Angeles os prêmios Oscar, a principal premiação mundial do cinema que tem neste ano o filme mudo "O Artista" como favorito na categoria de melhor filme.

Entre os primeiros a chegar estavam Bérénice Bejo, indicada para melhor atriz coadjuvante, num vestido verde menta, Jessica Chastain, de "Histórias Cruzadas", num espetacular vestido preto com bordados em ouro, e Shailene Woodley, de "Os Descendentes", num modelo branco.

Os fãs que aguardavam durante todo o dia se entusiasmaram com a chegada de seus astros favoritos, como George Clooney, com a namorada, Stacy Keibler.

Tim Gunn, um dos apresentadores do popular programa da TV norte-americana "Project Runway" qualificou o tapete vermelho do Oscar de "a pista para pôr fim a todas as pistas".

Mas a ação começará mais à noite (no horário local), quando o comediante Billy Crystal, que volta a apresentar a cerimônia, pela nona vez, subirá ao palco para dar início à festa da premiação.

Neste ano, a previsão de modo geral é de que "O Artista" ganhe o prêmio de melhor filme.

"O Artista" conta a história de um astro do cinema mudo de Hollywood que entra em decadência quando tem início o cinema falado e depois encontra a redenção por meio do amor de uma mulher. Está concorrendo em 10 categorias, perdendo apenas para "A Invenção de Hugo Cabret", de Martins Scorsese, que disputa em 11.

Mas a maioria das indicações para "Hugo" é para prêmios técnicos, como fotografia, enquanto "O Artista" compete em várias categorias mais destacadas. "É imbatível", disse Dave Karger, que escreve sobre cinema para a revista Entertainment Weekly.   Continuação...

 
A atriz Jessica Chastain, de "Histórias Cruzadas", chega à cerimônia do Oscar num espetacular vestido preto com bordados em ouro, em Hollywood, nos Estados Unidos, neste domingo. 26/02/2012 REUTERS/Mario Anzuoni