Líder da Tunísia e Bill Clinton estão entre indicados a Nobel

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 15:37 BRT
 

Por Walter Gibbs

OSLO, 27 Fev (Reuters) - O presidente da Tunísia, Moncef Marzouki, o suposto colaborador do WikiLeaks Bradley Manning e o ex-presidente norte-americano Bill Clinton deverão estar entre as centenas de indicados para o Prêmio Nobel da Paz de 2012, afirmam ativistas de direitos humanos.

A lista de indicados, que agora já está oficialmente fechada, é secreta e as autoridades do Nobel não a comentam. Especialistas no assunto, no entanto, começaram a especular sobre quem está na lista e algumas pessoas qualificadas para indicar candidatos publicaram sugestões. O comitê acrescentou os nomes finais para serem considerados na sexta-feira.

"Pode ser que eles olhem para a Tunísia", disse na segunda-feira a diretora europeia do Human Rights Watch, Jan Egeland, veterana observadora do Nobel, depois de o Comitê Norueguês do Nobel anunciar que estava avaliando 231 nomes. "É a única história brilhante de sucesso da Primavera Árabe até agora."

Ativista de direitos humanos que se tornou presidente da Tunísia em dezembro, Marzouki "simbolizaria toda a transição pacífica da repressão autoritária à democracia", disse Egeland.

Outros candidatos conhecidos são o ex-chanceler alemão Helmut Kohl, arquiteto da reunificação da Alemanha pós-guerra, assim como a própria União Europeia.