Programa "Dancing With the Stars" evita conflito com novo elenco

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 16:50 BRT
 

NOVA YORK, 28 Fev (Reuters) - O programa norte-americano de televisão "Dancing With the Stars" procurou evitar polêmica com o novo elenco divulgado nesta terça-feira, que inclui a tenista campeã Martina Navratilova, vários atores de TV, uma cantora de ópera e Gladys Knight sem os "Pips".

O "Dancing With the Stars" é um dos programas de TV de maior audiência dos Estados Unidos, cuja fórmula inclui celebridades do tipo "B", astros dos esportes e cantores com bailarinos profissionais dançando sambas, cha-cha-chás e valsas pelo salão.

No ano passado, o programa causou polêmica ao convidar Chaz Bono, filho transexual da superstar Cher, gerando protestos de grupos conservadores. Nesta temporada, porém, parece que há pouco material para ti-ti-ti.

Entre as 12 celebridades convidadas estão Navratilova, uma das tenistas mais festejadas de todos os tempos, e Gladys Knight, que, ao lado da banda Pips, emplacou sucessos como "I Heard It Through the Grapevine" e "Midnight Train to Georgia".

Melissa Gilbert ficou famosa nos anos 1970, com a série de televisão "Os Pioneiros", e o personagem Steve Urkel, de Jaleel White, no "Family Matters", tornou-se ícone da TV nos anos 1990. Ambos competirão no programa ao lado da mezzo soprano galesa Katherine Jenkins e do cantor de música pop Gavin DeGraw.

Os demais integrantes da nova temporada, que estreia dia 19 de março na rede norte-americana ABC, são o jogador de futebol americano Donald Driver, o ator do Disney Channel Roshon Fegan, o astro do Telemundo William Levy, as apresentadoras de TV Maria Menounos e Sherri Shepherd, e Jack Wagner, astro do seriado "Melrose Place", sucesso dos anos 1990.

(Reportagem de Bob Tourtellotte)