James Cameron planeja mergulho profundo no Pacífico

sexta-feira, 9 de março de 2012 13:27 BRT
 

9 Mar (Reuters) - O diretor do filme "Titanic", James Cameron, revelou na quinta-feira planos de pilotar um submarino especialmente projetado para o ponto mais profundo do planeta, a Fossa das Marianas, no oceano Pacífico, a sudoeste de Guam.

A aventura da vida real, diferente das que Cameron criou em filmes como "Avatar" e "Aliens", fará Cameron viajar 11,2 quilômetros abaixo da superfície do oceano, onde irá coletar amostras de pesquisa para biologia marinha e geologia.

O ponto mais baixo da Fossa das Marianas, conhecido como "Challenger Deep", foi atingido apenas uma vez antes, em 1960, quando o tenente da Marinha norte-americana Don Walsh e o oceanógrafo suíço Jacques Piccard passaram 20 minutos lá no batiscafo Trieste. Cameron planeja ficar seis horas.

"As trincheiras profundas são a última fronteira inexplorada em nosso planeta, com riquezas científicas suficientes para preencher uma centena de anos de exploração", disse Cameron em um comunicado.

A exploração é um projeto conjunto de Cameron, da National Geographic Society e da fabricante de relógios Rolex que está sendo chamado de "Deepsea Challenge" (Desafio no Mar Profundo) e tem como intuito ampliar o conhecimento de partes desconhecidas da Terra.

(Reportagem de Bob Tourtellotte)

 
Cineasta James Cameron escuta perguntas de jornalistas durante coletiva de imprensa após o fórum Mexico Century XXI, na cidade do México.  O diretor do filme "Titanic", revelou planos de pilotar um submarino especialmente projetado para o ponto mais profundo do planeta, a Fossa das Marianas, no oceano Pacífico. Foto de arquivo  07/09/2010  REUTERS/Henry Romero