Maestro japonês Ozawa promete retornar após pausa

terça-feira, 13 de março de 2012 15:35 BRT
 

TÓQUIO, 13 Mar (Reuters) - Seiji Ozawa, o maestro mais famoso do Japão, prometeu nesta terça-feira retornar aos palcos no próximo ano, uma semana após ter afirmado que faria uma pausa para se recuperar do seu período recente de saúde ruim, que incluiu episódios de pneumonia.

O ex-diretor musical da Vienna State Opera, de 76 anos, que antes disso conduziu a Boston Symphony Orchestra, foi diagnosticado com câncer no esôfago em janeiro de 2010 e completou o tratamento no final daquele ano.

"Até agora eu tinha muita fé em minha própria força física e acabei criando problemas para todos", disse Ozawa ao jornal Yomiuri Shimbun em uma entrevista.

"Eu vou tomar um caminho diferente para a reabilitação e, a partir da próxima primavera, pouco a pouco vou retomar as minhas atividades."

O médico dele disse em um comunicado na semana passada que Ozawa havia sido diagnosticado com um caso leve de pneumonia em fevereiro e, embora ele tivesse se recuperado depois de uma semana no hospital, a falta de força de Ozawa significava que ele deveria fazer uma pausa.

Ozawa foi um dos primeiros músicos clássicos asiáticos amplamente reconhecidos no exterior e tem se esforçado para revitalizar a cena da música clássica em seu país natal, fundando a orquestra Saito Kinen, em homenagem a seu ex-professor de música.

(Reportagem de Elaine Lies)