19 de Março de 2012 / às 17:13 / 6 anos atrás

Documentário retrata shows de bandas em viagem de trem pelos EUA

Por Corrie MacLaggan

AUSTIN, Texas, EUA, 19 Mar (Reuters) - Três bandas em um trem antigo, um documentarista e longos trechos de belíssimas paisagens dos Estados Unidos resultaram no filme de não-ficção “Big Easy Expres”, lançado mundialmente na noite de sábado no festival de cinema South by Southwest (SXSW), em Austin, nos Estados Unidos.

Pode soar como uma jornada gloriosa, mas os produtores de “Big Easy Express” descobriram rapidamente que eles ficaram praticamente em último lugar na hierarquia do trem - atrás dos vagões de carga e de passageiros.

“Positividade” descreve com precisão a corrente do filme sobre a turnê Railroad Revival, uma série de oito dias de concertos em abril de 2011 que começou em Oakland, na Califórnia, e terminou em Nova Orleans, com paradas ao longo do caminho em San Pedro, Califórnia; Tempe, Arizona; Marfa e Austin, Texas.

Repleto de músicos, como os roqueiros folk britânicos Mumford & Sons, o grupo de indie-pop Edward Sharpe & The Magnetic Zeros, de Los Angeles, e a banda de cordas Old Crow Medicine Show, de Nashville - o trem antigo teve o roteiro modificado e as viagens adiadas muitas vezes. Alguns dos membros das bandas ainda estavam ajustando instrumentos enquanto o trem parava em depósitos para shows durante a viagem.

“Estou chocado que deu tudo certo”, disse o diretor, Emmett Malloy, à Reuters no lançamento mundial no sábado.

O filme tem entrevistas dos músicos, mas está baseado na música: a alta energia das multidões nos palcos ao ar livre, ao avistarem os trens, com o vocalista da banda Edward Sharpe & The Magnetic Zeros, Alex Ebert, saltitando descalço e o público erguendo os braços em euforia.

As bandas também fizeram música folk e bluegrass americano pelo caminho, nos vagões com estilo de sala de estar e encarpetados, e o cenário do Oceano Pacífico como pano de fundo, mostrando o caminho para o deserto sudoeste dos EUA e, finalmente, a urbana Nova Orleans.

Nenhum dos músicos pareciam inibidos quando se reuniram no palco depois da estreia no SXSW, sábado à noite, para algumas músicas, incluindo uma sobre não querer sair de um trem.

De maneira real, o concerto foi uma partilha ao vivo da jornada com o público no SXSW. O festival de cinema, música e tecnologia levou 300.000 pessoas a Austin, incluindo cerca de 50.000 que se registraram para conferências.

Os eventos de sábado relacionados ao filme também incluíram um concerto ao ar livre em que alunos adolescentes de uma banda local da Austin High School se uniram ao Mumford & Sons para tocar “The Cave”, encenando um trecho do filme no momento em que os trens chegaram a Austin, no ano passado.

“Parecia que estávamos nos banhando em um raio de sol, mesmo eu estando lá em cima com 80 outras crianças”, disse a Reuters a clarinetista Haley Barlow, da banda da Austin High School, sobre sua experiência.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below