Joias de Lily Safra podem render US$ 20 mi em leilão beneficente

terça-feira, 20 de março de 2012 17:03 BRT
 

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA, 20 Mar (Reuters) - As joias pertencentes à socialite brasileira Lily Safra podem alcançar mais de 20 milhões de dólares em um leilão beneficente marcado para maio, que ajudará 20 entidades escolhidas por ela, disse a casa Christie's na terça-feira.

As 70 joias, que serão leiloadas em 14 de maio em Genebra, incluem diamantes, rubis e safiras, além de peças antigas datadas do final do século 18.

"Essa coleção de joias reflete o gosto refinado dela e sua evolução ao longo de cinco décadas, dos anos 1970 ao presente", disse a Christie's em nota.

Há 18 peças desenhadas pelo joalheiro norte-americano radicado em Paris Joel Arthur Rosenthal, conhecido como JAR, o que faz dessa "a maior coleção privada de criações de JAR a ser oferecida em um leilão".

A maioria das joias foi criada por JAR especificamente para Lily, viúva do banqueiro Edmond Safra. Esse joalheiro costuma produzir cerca de 70 a 80 peças por ano.

Os trabalhos incluem um broche de rubi e diamantes em formato de camélia, de 2003, que pode alcançar de 1,2 a 1,5 milhão de dólares, segundo a Christie's. Esse broche traz uma característica de JAR, que é a colocação de pequenas pedras muito próximas umas das outras, criando um "pavimento".

"Deve ser uma coleção excepcional, porque Lily Safra e seu falecido marido Edmond Safra não só tinham meios ilimitados como também um excelente gosto para a arte", disse à Reuters o comerciante independente de joias Eric Valdieu, de Genebra, ex-funcionário da Christie's.

Em junho passado, Lily Safra vendeu, pela rival Sotheby's, sua coleção de obras de arte, móveis, pratarias e objetos decorativos, arrecadando 45 milhões de dólares.   Continuação...