"Jack e Jill", de Adam Sandler, domina "antiprêmio" Razzies

segunda-feira, 2 de abril de 2012 13:57 BRT
 

LOS ANGELES, 2 Abr (Reuters) - O comediante Adam Sandler e seu filme "Jack e Jill" dominaram a entrega dos prêmios Razzies no domingo, recebendo um recorde de dez troféus, inclusive os de pior filme e piores atores.

A Fundação Framboesa Dourada disse que a comédia -na qual Sandler interpreta os dois papéis do título- foi o primeiro filme em 32 anos dos Razzies a levar todos os dez "prêmios" entregues.

Al Pacino, já premiado com o Oscar, também foi agraciado nas categorias de pior coadjuvante (ele interpretou a si mesmo em "Jack e Jill"), além de ser citado na categoria de "pior par romântico", junto com Katie Holmes.

Sandler, de 45 anos, que é co-roteirista do filme, foi eleito pior ator e pior atriz, e dividiu o prêmio de pior elenco. "Jack e Jill" levou também os troféus de pior filme, pior remake, pior diretor e pior roteiro.

Os vencedores foram escolhidos pelos cerca de 650 membros da Fundação Framboesa Dourada, junto com cerca de 35 mil votos dados no site de avaliação de filmes Rotten Tomatoes.

Os organizadores disseram que o elenco de "Jack e Jill" bateu por estreita margem a ruindade dos atores de "A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 1".

O Razzies foi criado como um antídoto à bajulação que toma conta de Hollywood durante a temporada de prêmios que se estende até o Oscar, em fevereiro.

Geralmente, a entrega era feita na véspera do Oscar, mas desta vez foi transferida para o Dia da Mentira.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
Ator Adam Sandler posa ao lado de um poster de cartolina de seu personagem no filme "Jack and Jill", em Cancun. O filme dominou a entrega dos prêmios Razzies no domingo, recebendo um recorde de dez troféus, inclusive os de pior filme e piores atores. Foto de arquivo 10/07/2011  REUTERS/Victor Ruiz Garcia