Tailândia censura filme baseado em "Macbeth" temendo divisões

quarta-feira, 4 de abril de 2012 09:16 BRT
 

Por Amy Sawitta Lefevre

BANCOC, 4 Abr (Reuters) - Censores na Tailândia baniram um filme baseado na tragédia de William Shakespeare "Macbeth", afirmando que poderia causar divisões no país onde uma trégua instável persiste após vários anos de levantes, por vezes sangrentos, e polarização política.

Um trailer do filme, dirigido por Ing Kanjanavanit, mostra cenas do passado recente da Tailândia, incluindo uma repressão a protestos de estudantes em 1973 e confrontos de rua em 2010 entre militares e manifestantes anti-governo, em que 91 pessoas morreram.

"O filme 'Shakespeare Must Die' tem conteúdo que causa divisão entre as pessoas da nação", o Conselho de Censura de Filmes disse em comunicado na noite de terça-feira. "O filme está no grupo de outros que não são permitidos a serem distribuídos no reino".

"Macbeth" conta a história de um general sedento pelo poder na antiga Escócia que mata o rei para assumir o trono e comete mais assassinatos para permanecer nele.

Temas de ganância e poder podem tocar um nervo delicado entre os tailandeses que estão divididos desde a preparação para o golpe de 2006 que derrubou o ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra. Ele é adorado pela população rural, mas odiado por monarquistas e a elite de Bancoc.

"Eu fiquei chocada. Eu não esperava que este filme fosse banido", a diretora Ing disse à Reuters nesta quarta-feira. "Ontem (terça-feira) os censores me perguntaram se eu queria mudar o atual sistema político".

"Nós fizemos um filme shakespeareano porque estamos vivendo em tempos shakespeareanos. As pessoas creem que a verdade em forma ficcional é ameaçadora."