Obra de Dalí pode atingir US$10 milhões em leilão em NY

quarta-feira, 4 de abril de 2012 18:13 BRT
 

NOVA YORK, 4 Abr (Reuters) - Uma obra-prima pintada há 75 anos pelo surrealista catalão Salvador Dalí deve ser vendida por pelo menos 10 milhões de dólares em um leilão no mês que vem em Nova York, anunciou a casa Sotheby's nesta quarta-feira.

"Printemps necrophilique", de 1936, mostra um homem sentado e uma mulher de pé, num cenário estranhamente realista. A obra, com estimativa pré-venda de 8 a 12 milhões de dólares, será parte de um leilão de arte impressionista e moderna em 2 de maio. A tela foi vendida pela última vez há 15 anos.

A arte surrealista tem tido grande valorização nos últimos anos, e obras de pintores como Max Ernst e Paul Delvaux alcançaram várias vezes o valor inicial ou bateram recordes em 2011 em Nova York.

"O surrealismo é o último grande movimento do modernismo do século 20 a ser plenamente apreciado no mercado", disse Simon Shaw, diretor de arte moderna e impressionista da Sotheby's em Nova York.

"O surrealismo continua a apresentar oportunidades animadoras para colecionadores devido à ampla gama de material disponível a variadas faixas de preços..., e o fato de que grandes obras-primas continuam em mãos de particulares."

O "Retrato de Paul Eluard", pintado por Dalí, detém o recorde de preço para uma obra surrealista - 21,7 milhões, em fevereiro de 2011.

Outros destaques surrealistas no leilão de maio incluem "Le canapé", de Delvaux, e "Leonora à Luz da Manhã", de Ernst, ambos avaliados entre 3 e 5 milhões de dólares, excluindo a comissão.

"Printemps necrophilique" e outras obras surrealistas ficarão expostas em Londres de 13 a 18 de abril, e em Nova York até a data do leilão.

(Reportagem de Chris Michaud)