Cineasta Claude Miller, de "Ladra e Sedutora", morre aos 70

quinta-feira, 5 de abril de 2012 17:48 BRT
 

PARIS, 5 Abr (Reuters) - O cineasta francês Claude Miller, que lançou a carreira da atriz Charlotte Gainsbourg no filme "Ladra e Sedutora" (1985), morreu aos 70 anos, após uma prolongada doença, disse uma das suas produtoras na quinta-feira.

Discípulo de diretores da "Nouvelle Vague", como Robert Bresson, Jean-Luc Godard e François Truffaut, Miller trouxe essa abordagem artística para o século 21, e deixa sua marca em dezenas de filmes como roteirista, diretor e produtor.

Filho de um funcionário de cinema em Paris, Miller começou na década de 1960 como assistente de Marcel Carné, e lançaria seu primeiro filme, "A Melhor Maneira de Andar" (1976).

Na França, ele é lembrado por ter revelado Gainsbourg, então com 17 anos, como a cleptomaníaca adolescente de "Ladra e Sedutora", e também por seu filme "Cidadão Sob Custódia" (1981), que recebeu os prêmios César de roteiro, ator e ator coadjuvante.

Em nota, a presidência francesa disse que Miller foi "um verdadeiro humanista", que conseguiu agradar público e crítica em filmes que "exploravam a alma humana de forma cuidadosa e ansiosa, mas benevolente".

(Reportagem de Nicholas Vinocur)