Histórico teatro Howard, em Washington, é salvo da demolição

segunda-feira, 9 de abril de 2012 19:05 BRT
 

Por Ian Simpson

WASHINGTON, 9 Abr (Reuters) - O histórico teatro Howard, de Washington, que lançou artistas como Duke Ellington e The Supremes, reabriu na segunda-feira, salvo por uma reforma de 29 milhões de dólares depois de estar prestes a ser demolido.

Centenas de pessoas lotaram o local para celebrar o renascimento do centenário edifício, considerado o mais antigo teatro oficial voltado para o público negro.

Oradores como o prefeito Vincent Gray disseram que a reabertura do local, com fachada misturando os estilos Belas-Artes, neoclássico e renascentista, é um símbolo da própria revitalização da capital norte-americana após décadas de declínio.

"O teatro Howard voltou, senhoras e senhores. É um teatro Howard do século 21", disse Gray antes de uma cerimônia na qual uma fita foi cortada ao som de "Take the A Train", famosa canção de Duke Ellington.

O Howard foi inaugurado em 1910 e prosperou até os anos 1960 como o coração da vibrante "Broadway Negra", no então segregado bairro de Shaw. Ele é 20 anos mais antigo que o famoso teatro Apollo, de Nova York, e por seu palco passaram grandes artistas negros, como Billie Holiday, Louis Armstrong, James Brown, Miles Davis e Marvin Gaye.