Navio que refaz trajeto do Titanic é forçado a mudar rota

terça-feira, 10 de abril de 2012 19:07 BRT
 

Por Chris Helgren

A BORDO DO MS BALMORAL, 10 Abr (Reuters) - Um navio de cruzeiro que refaz a trágica viagem do Titanic há um século foi forçado a voltar em direção à Irlanda na terça-feira, depois que um passageiro apresentou um problema cardíaco.

O Balmoral leva a bordo 1.309 passageiros, quase o mesmo número do Titanic. Entre eles, estão parentes das vítimas, familiares de sobreviventes e historiadores.

O Titanic Memorial Cruise saiu de Southampton, na Inglaterra, no domingo a fim de seguir a mesma rota do navio até Nova York.

Os passageiros tinham planos de prestar uma homenagem às vítimas no lugar do naufrágio, na noite de 14 para 15 de abril.

O Balmoral havia deixado o porto de Cobh, na Irlanda, tarde da noite de segunda-feira e navegava em um mar agitado, quando o capitão Robert Bamberg anunciou na tarde de terça-feira que teria de voltar para mais perto da Irlanda a fim de que um helicóptero pudesse retirar o passageiro doente.

Miles Morgan, diretor-gerente da Miles Morgan Travel, que fretou a viagem, disse a jornalistas que o navio voltaria cerca de 20 milhas náuticas para ficar dentro de uma distância à qual o helicóptero pudesse chegar.

"Não se acredita que a condição do passageiro seja de risco de vida", disse ele.

Morgan não soube dizer se o atraso atrapalharia os planos de o navio chegar ao local do naufrágio de 1912 a tempo.   Continuação...

 
Um helicóptero da Guarda Costeira Irlandesa chega para evacuar um homem sofrendo de um mal cardíaco no navio do Titanic Memorial Cruise MS Balmoral, no Oceano Atlântico na costa da Irlanda, 10 de abril de 2012. REUTERS/Chris Helgren