Philadelphia Inquirer vence Pulitzer de serviço público

segunda-feira, 16 de abril de 2012 17:33 BRT
 

NOVA YORK, 16 Abr (Reuters) - O Philadelphia Inquirer venceu nesta segunda-feira o Prêmio Pulitzer na cobiçada categoria de serviço público, e um jornal da Pensilvânia, o Patriot-News, ficou com o prêmio de reportagem local por sua cobertura do escândalo de abuso sexual na Universidade Penn State.

O Philadelphia Inquirer recebeu o prêmio pelo que a direção do Pulitzer descreveu como "a explorção da violência difundida pelas escolas da cidade", superando os concorrentes The New York Times e Miami Herald.

Outros vencedores do Pulitzer incluem o New York Times, nas categorias reportagem internacional e reportagem explanatória, e o Tuscaloosa News, do Alabama, pela cobertura da passagem de um tornado devastador que matou 64 pessoas em sua cidade no ano passado.

Em seu anúncio do prêmio, a diretoria do Pulitzer citou o Tuscaloosa News pelo "uso das mídias sociais além da reportagem tradicional para fornecer atualizações em tempo real, ajudar a localizar pessoas desaparecidas e produzir reportagens aprofundadas mesmo após uma queda de energia que levou o jornal a ser impresso numa outra gráfica a 50 milhas de distâncias".

Não houve entrega de prêmio na categoria ficção. Essa foi a primeira vez desde 1977 que a diretoria do Pulizter decidiu não entregar um prêmio para a categoria.

Administrado pela Universidade de Columbia, o Pulitzer é entregue em uma série de categorias do jornalismo, literatura, drama e poesia. Cada vencedor recebe 10 mil dólares de prêmio.

(Reportagem de Paul Thomasch)