Festival de Tribeca chega à 2ª. década ampliando horizontes

terça-feira, 17 de abril de 2012 10:27 BRT
 

Por Christine Kearney

NOVA YORK, 17 Abr (Reuters) - O Festival de Cinema de Tribeca, em Nova York, começa nesta semana, dando mais ênfase aos filmes estrangeiros em competição, com astros como Justin Bieber no tapete vermelho e uma programação geral mais ampla, marcando o início da segunda década do evento.

O festival foi criado pelo ator Robert De Niro, entre outros, com a intenção de revitalizar Manhattan após os atentados de 11 de setembro de 2001, e desde então se tornou um dos maiores dos EUA.

A edição deste ano começa na quarta-feira com uma grande comédia de Hollywood, "The Five-Year Engagement", com Jason Segel e Emily Blunt.

Mas a ênfase do festival, que vai até 29 de abril, é principalmente no cinema independente. Dos quase 6.000 filme inscritos, o evento apresentará 89 longas, sendo 57 ficções e 32 documentários, dos quais 50 são estreias mundiais.

Metade da seleção dos 12 longas de ficção em competição é composta de filmes estrangeiros, como o israelense "Yossi", sobre um gay enrustido em Tel-Aviv, que abre a competição, e "The Girl", produção EUA-México com Abbie Cornish no papel de uma mãe solteira do Texas que ajuda imigrantes a cruzarem a fronteira.

"War Witch", rodado inteiramente no Congo, conta a história horripilante de uma menina cuja aldeia é invadida por rebeldes.

A competição de documentários será aberta por "The World Before Her", que traça um paralelo entre as participantes do concurso Miss Índia e de um acampamento fundamentalista hindu para meninas.

Geoff Gilmore, diretor de criação do festival, disse que a programação reflete uma maior abrangência geográfica, em vez da habitual seleção centrada em filmes europeus. Ele disse que, nas dez edições anteriores, "houve às vezes uma falta de consistência, e acho que uma das coisas que você procura é o tipo de descoberta e diversidade que temos na programação deste ano".   Continuação...