Assessor de Simon Cowell minimiza desentendimento com ITV

sexta-feira, 20 de abril de 2012 14:46 BRT
 

LONDRES, 20 Abr (Reuters) - Os relatos de um desentendimento entre Simon Cowell e a ITV, parceiros nos programas de sucesso "Britain's Got Talent" e "The X Factor", foram fora de proporção, informou seu porta-voz nesta sexta-feira.

Os concursos de talentos criados por Cowell estão entre as maiores atrações do canal, gerando milhões de libras em receita publicitária e ajudando a competir com a rival BBC, que tem embarcado cada vez mais nos programas de reality show.

De acordo com Tom Bower, cuja biografia não autorizada de Cowell foi publicada em folhetins esta semana pelo tablóide The Sun e chegou às lojas nesta sexta-feira, os chefes da ITV não respeitaram Cowell e nem apreciaram devidamente o que ele tinha feito pelo canal.

"Ele (Bower) fez revelações no seu livro ... que poderiam provocar uma crise nas relações entre o canal e o homem por trás dos programas mais bem sucedidos", relatou o jornal.

O jornal avaliou a parceria de vários anos em 100 milhões de libras (160 milhões de dólares).

Mas Max Clifford, assessor de Cowell, minimizou qualquer rixa.

"Simon e a ITV têm uma relação muito estreita e extremamente bem sucedida há muitos anos", disse ele à Reuters, quando questionado sobre os comentários de Bower.

"Inevitavelmente, eles não concordam sobre tudo o tempo todo, mas a situação geral é tão saudável, boa e mutuamente benéfica quanto sempre foi."

A ITV, que assinou contrato com os dois shows até 2013, emitiu um comunicado em resposta aos relatos. "Continuaremos a trabalhar de maneira próxima a Simon e à equipe de produção para garantir que os programas sejam o melhor possível".

(Por Mike Collett-White)