ENTREVISTA-Shirley McLaine vira velha sovina em "Bernie"

terça-feira, 24 de abril de 2012 19:37 BRT
 

Por Zorianna Kit

LOS ANGELES, 24 Abr (Reuters) - A atriz Shirley MacLaine já viveu muitos personagens nas telas, como por exemplo a mãe que tem uma relação conturbada com a filha em "Laços de Ternura", papel que lhe valeu o Oscar.

Mas em "Bernie", filme independente de Richard Linklater que estreia na sexta-feira nos EUA, a atriz de 78 anos está sovina e desprezível como nunca se viu.

"Bernie" se baseia na história real da milionária viúva Marjorie Nugent, que fica amiga de Bernie Tiede (Jack Black), um rapaz carismático e bem mais jovem, funcionário de uma funerária.

Quando se cansa das exigências dela, Bernie mata a viúva e passa meses ocultando o crime. Quando afinal confessa o homicídio, a população da cidade fica ao seu lado, pois odiava a vítima.

A história original aconteceu em 1996, no Texas.

Na vida real, MacLaine não se parece em nada com Marjorie Nugent, como ficou claro na bem humorada entrevista à Reuters.

Pergunta: A senhora gostou de interpretar alguém desagradável?

Resposta: Todos a odiavam. Acho que ela levaria madre Teresa a cometer um homicídio. Adorei experimentar com ser absoluta e terrivelmente irascível... Talvez eu esteja ensaiando para quando for mais velha, mas para mim é divertido.   Continuação...