April 26, 2012 / 1:17 PM / 5 years ago

Grã-Bretanha divulga programação cultural da Olimpíada

3 Min, DE LEITURA

Anéis Olímpicos montados em uma embarcação no rio Tâmisa, posicionados em frente à Torre de Londres, durante evento promocional da Olimpíada de 2012, em Londres. 28/02/2012Andrew Winning

LONDRES,26 Abr (Reuters) - A programação completa para o festival Londres 2012 foi anunciada na quinta-feira, com cerca de 12 mil eventos em toda a Grã-Bretanha, numa grande celebração cultural organizada para coincidir com a Olimpíada e a Paralimpíada.

Serão 12 semanas (de 21 de junho a 9 de setembro) com atrações nos campos da música, dança, teatro, cinema, artes plásticas e arquitetura. Cerca de 25 mil artistas de todas as 204 nações olímpicas irão participar.

Entre os grandes nomes confirmados estão o cantor britânico Damon Albarn, a atriz australiana Cate Blanchett, o artista plástico e ativista chinês Ai Weiwei e o rapper norte-americano Jay-Z.

O festival marca o apogeu da Olimpíada Cultural, que nos últimos quatro anos tem promovido a cultura na Grã-Bretanha.

"O Festival Londres 2012 será a maior celebração cultural da nossa vida", disse Ruth Mackenzie, diretora do festival e da Olimpíada Cultural.

Serão disponibilizados 10 milhões de ingressos gratuitos para as atrações. A programação completa está em uma brochura distribuída no país inteiro, e no site www.london2012.com/festival.

A abertura coincidirá com o solstício de verão, em 21 de junho, quando haverá eventos como um concerto ao ar livre diante do castelo de Stirling, na Escócia, com o maestro Gustavo Dudamel regendo a Orquestra Sinfônica Simon Bolívar, da Venezuela.

Outro destaque será o Fim de Semana Hackney, da Rádio 1, com shows de Jay-Z, Rihanna, Florence + The Machine, will.i.am, Jessie J, Jack White, David Guetta e Tinie Tempah.

O festival também celebrará a obra de William Shakespeare, incluindo a apresentação de todas as suas peças em diferentes línguas no teatro Globe, em Londres.

As atrações ocorrerão também nos céus. Um quarteto de cordas irá se apresentar em helicópteros, e catedrais servirão de cenário para acrobacias aéreas.

"As pessoas não vão gostar de tudo, mas todo mundo vai gostar de alguma coisa", disse o secretário de Cultura da Grã-Bretanha, Jeremy Hunt.

A Olimpíada Cultural começou em 2008, mas foi criticada por sua falta de foco e pelo caráter pretensioso e caro de alguns projetos. Uma pesquisa do jornal Guardian mostrou que quase três quartos dos entrevistados não entendiam o conceito da Olimpíada Cultural.

Reportagem de Mike Collett-White e Avril Ormsby

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below