May 15, 2012 / 6:08 PM / 5 years ago

Festival de Cinema de Cannes abre as cortinas com comédia e caos

4 Min, DE LEITURA

Palácio onde acontecerá o Festival de Cinema de Cannes, na França, nesta terça-feira. 15/05/2012Christian Hartmann

Por Mike Collett-White

CANNES, França, 15 Mai (Reuters) - A comédia vai dominar a abertura do Festival de Cinema de Cannes na quarta-feira, com a fantasia infantil de Wes Anderson "Moonrise Kingdom" em uma briga com o alter ego anárquico de Sacha Baron Cohen, o General Aladeen, pela atenção da mídia mundial.

Milhares de jornalistas e executivos de cinema estão no glamuroso resort Riviera para 12 dias agitados de sessões de cinema, tapetes vermelhos, festas e negócios, e o primeiro dia é típico dos confrontos diários que eles enfrentam.

O filme de Anderson, estrelado por Bruce Willis e Bill Murray, é o filme oficial de abertura da competição principal, garantindo um lançamento espetacular com uma exibição para a imprensa, briefing de notícias, entrevistas e estreia de gala no tapete vermelho na noite de quarta-feira.

No entanto, apenas a um curto passeio ao longo da famosa Avenida Croisette, Baron Cohen também estará em ação com uma entrevista coletiva própria, no ostentoso Hotel Carlton, para promover seu mais recente filme "“O Ditador".

A julgar pelo seu senso de humor ultrajante e visão teatral, o comediante britânico pode roubar grande parte do centro das atenções ao adotar o caráter de Aladeen, um ditador cruel norte-africano parcialmente inspirado pelos levantes da Primavera Árabe.

Em meio às brincadeiras e festas noturnas, no entanto, há muito trabalho a ser feito, com um mercado gigante apresentando centenas de filmes e esperando desafiar a crise econômica em muitos países da Europa com uma onda de vendas.

"A situação econômica na Europa não está ótima, mas isso significa que temos de esquecer o sonho?", disse Thierry Fremaux, encarregado geral do festival. "A crise (econômica) não é a crise deste ano", afirmou ele à Reuters.

"Estamos há cinco anos em crise na Europa", acrescentou. "Mas temos de encontrar uma maneira de dar ao povo sonhos e dizer que, mesmo na década de 1930 após a grande crise, o cinema estava em muito boa forma."

Estrelas No Foco

Brad Pitt, Angelina Jolie, Sean Penn e Nicole Kidman estão entre os nomes consagrados de Hollywood esperados para enfeitar o tapete vermelho, onde serão acompanhados por uma longa lista de estrelas em ascensão na esperança de deixar sua marca.

Cinéfilos mal-humorados também fazem parte de Cannes, mas os organizadores querem evitar uma repetição do ano passado, quando o diretor Lars Von Trier foi expulso de forma controversa por fazer piadas sobre nazistas numa coletiva de imprensa.

Este ano, o festival foi criticado por não incluir nenhuma diretora mulher em sua competição principal após quatro terem sido selecionadas em 2011. O festival defendeu sua decisão, dizendo que não iria impor uma "política de cotas".

Na competição principal de 22 filmes, a adaptação do diretor brasileiro Walter Salles do romance de Jack Kerouac "On the Road", tem gerado muita agitação, até porque a atriz de "Crepúsculo" Kristen Stewart assume o papel principal.

Mais conhecida como Bella Swan da saga de vampiros, a norte-americana de 22 anos de idade será acompanhada na ensolarada Riviera Francesa por seu parceiro em "Crepúsculo" Robert Pattinson.

O ator britânico aparece em outro filme na competição, "Cosmopolis", dirigido pelo canadense David Cronenberg, que trata da ganância empresarial que segue um bem sucedido financista de Nova York, cujo mundo se desintegra em torno dele.

O filme de John Hillcoat, "Lawless", um conto de gângsters da era da Depressão, traz no elenco Tom Hardy, Jessica Chastain, Shia LaBeouf e Mia Wasikowska, entre outros, sublinhando a importância dos novos talentos no festival deste ano.

Entre os vencedores anteriores da cobiçada Palma de Ouro de melhor filme que estão na disputa novamente estão o austríaco Michael Haneke com "Amour", o iraniano Abbas Kiarostami ("Like Someone In Love"), o britânico Ken Loach ("The Angels 'Share") e o romeno Cristian Mungiu ("Beyond the Hills").

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below