Obsessão por celebridades chega às telas do Festival de Cannes

sexta-feira, 18 de maio de 2012 14:15 BRT
 

Por Alexandria Sage

CANNES, 18 Mai (Reuters) - A obsessão por celebridades é o foco do novo diretor italiano Matteo Garrone no filme "Realidade", um dos dois filmes na lista de exibições do no Festival de Cinema de Cannes que exploram o poder corrosivo da fama instantânea e o desejo de ser visto.

Garrone é mais conhecido por seu último filme, o corajoso "Gomorra", sobre um sindicato do crime de Nápoles. Mas com "Realidade" ele muda de marcha, criando um conto de fadas moderno em que a alma do protagonista é lenta e inexoravelmente erodida pela atração da fama.

O segundo filme, que será exibido fora da competição principal no sábado, chama-se "Antiviral", a estreia de Brandon Cronenberg, filho do diretor canadense David Cronenberg. Sua trama segue um trabalhador de uma clínica que vende aos fãs injeções de vírus coletados de celebridades doentes.

Em "Realidade", Lorenzo é um afável peixeiro, pai amoroso e marido de Nápoles, cuja família o convence a entrar para o reality show "Big Brother".

Garrone escolheu como seu principal ator Aniello Arena, que ele descobriu quando o ator trabalhava em uma companhia de teatro da prisão. Arena, que ainda está cumprindo sua pena, teve autorização para sair da prisão durante o dia para filmar, mas voltava à prisão à noite. Ele não foi autorizado a acompanhar o resto do elenco em Cannes.

"Nunca desista de seus sonhos!", disse a equipe de televisão ao personagem Lorenzo quando ele fazia um teste para um lugar no programa. Lorenzo está convencido de que é apenas uma questão de tempo antes que ele receba uma ligação dizendo que foi escolhido, e seu status em sua pequena comunidade recebe um impulso instantâneo.

Conforme os dias se arrastam e a ligação não vem, no entanto, a obsessão de Lorenzo cresce, e sua percepção da realidade oscila. Ele começa a acreditar que a equipe do programa de TV o está espionando para determinar se ele seria uma boa escolha para o programa.

"O que eles estão pensando de mim?", pergunta-se, imaginando que já desempenha um papel de protagonista. Ele vende seu negócio de peixes para ter dinheiro para arrumar sua casa.   Continuação...

 
Diretor Matteo Garrone posa para fotógrafos na chamada do filme “Reality”, que participa da competição, no 65º Festival de Cinema de Cannes. 18/05/2012 REUTERS/Vincent Kessler