Agradecimento da rainha encerra festa do jubileu na Grã-Bretanha

terça-feira, 5 de junho de 2012 17:39 BRT
 

LONDRES, 5 Jun (Reuters) - A rainha Elizabeth 2a saiu na terça-feira para acenar a uma multidão eufórica, encerrando os quatro dias das espetaculares celebrações do jubileu de diamante do seu reinado.

"Tocou-me profundamente ver muitos milhares de famílias, vizinhos e amigos celebrando juntos numa atmosfera tão feliz", disse a rainha, de 86 anos, num raro pronunciamento televisivo à nação.

"Continuarei entesourando e tirando inspiração das incontáveis gentilezas demonstradas a mim neste país e em toda a Commonwealth. Obrigada a todos", disse ela, diante de uma foto emoldurada do seu neto William e da mulher dele, Kate.

Os 60 anos do reinado - segundo mais longo na história britânica - foram celebrados com eventos como o maior desfile fluvial já visto no Tâmisa, um show popular com atrações de primeiro time, uma procissão de carruagens na capital e festas de rua em cidades e aldeias de norte a sul do reino.

As festividades foram encerradas com o aceno da rainha para centenas de milhares de pessoas que a aguardavam em frente ao palácio de Buckingham. Ela surgiu acompanhada de familiares, com uma notável ausência - o príncipe Philip, seu marido há 64 anos, que foi internado na segunda-feira com uma infecção na bexiga.

A avenida Mall, que dá acesso ao palácio, foi tomada por um mar de gente vestindo as cores nacionais (azul, vermelho e branco). A Real Força Aérea fez uma apresentação em que aviões Spitfire, cruciais na vitória da Batalha da Grã-Bretanha (1940), sobrevoaram a multidão, antes de um show de acrobacias aéreas.

O evento terminou com uma salva de tiros de canhão e com os guardas atirando seus chapéus felpudos para o alto, antes de puxarem três vivas à rainha. A rainha então fez um último aceno e se retirou, na companhia do filho Charles e da mulher dele, Camilla, dos netos William e Harry e da duquesa Kate.

"Não acho que irei ver nada assim de novo na minha geração. Foi maravilhoso", disse o fotógrafo Joseph Afrane, 49, que vestia chapéu e colete com a bandeira.

Pela manhã, a rainha parecia ligeiramente desanimada ao entrar sem o marido num culto de ação de graças na catedral de São Paulo. Ela usava um vestido de tule verde com florezinhas bordadas e um fio de prata, e foi recebida aos gritos de "Deus salve a rainha". Após o culto, ela embarcou numa carruagem de 1902, na qual voltou ao palácio acompanhada de Charles e Camilla. Harry, William e Kate, com um vestido do estilista Alexander McQueen, foram atrás.   Continuação...

 
A Rainha Elizabeth viaja com Camilla, Duquesa de Cornwall e o Príncipe Charles (não pode ser visto na foto) na carruagem de 1902 State Landau ao Palácio de Buckingham, 5 de junho de 2012. REUTERS/Paul Ellis/Pool