Bob Welch, ex-integrante do Fleetwood Mac, é encontrado morto

sexta-feira, 8 de junho de 2012 11:16 BRT
 

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES, 8 Jun (Reuters) - Bob Welch, um dos primeiros membros da banda de rock Fleetwood Mac, e que desfrutou de uma carreira solo de sucesso com hits como "Ebony Eyes", morreu na quinta-feira no que parece ter sido suicídio, em sua casa em Nashville. Ele tinha 66 anos.

Segundo a polícia, o corpo de Welch foi encontrado por sua esposa Wendy com apenas um tiro no peito e ele tinha deixado um bilhete de despedida. Welch sofria de problemas de saúde, mas a polícia não revelou quais eram.

Mick Fleetwood, um dos membros fundadores do Fleetwood Mac e agente de Welch durante sua carreira solo, havia permanecido em contato próximo com seu ex-companheiro de banda ao longo dos anos e disse à Reuters que o suicídio de Welch era "incrivelmente contraditório."

"Ele era um ser humano muito, muito profundamente inteligente e sempre de bom humor, é por isso que é tão incrivelmente chocante", disse.

"Ele era uma grande parte da nossa história que às vezes é esquecida... seu legado seria sua habilidade de composição, que ele trouxe para o Fleetwood Mac, e que sobreviverá a todos nós", disse Fleetwood.

Welch é o segundo membro do Fleetwood Mac a morrer este ano. Em janeiro, outro ex-guitarrista da banda, Bob Weston, morreu em Londres devido a uma hemorragia gastrointestinal, com 64 anos.

Bob Welch nasceu em 31 de agosto de 1945, em Los Angeles, filho do produtor cinematográfico Robert L. Welch e da atriz Templeton Fox. Ele se mudou para Paris para estudar francês na Sorbonne, e, em seguida, voltou para Los Angeles no início dos anos 1970.

Ele foi convidado a participar do Fleetwood Mac após a saída de dois integrantes fundadores do grupo, Peter Green e Jeremy Spencer. Tocava guitarra e foi vocalista com a banda de 1971 a 1974, e trabalhou em cinco de seus primeiros álbuns, incluindo "Future Games", de 1971, é "Bare Trees", de 1972, "Mistery to Me", de 1973.

Seus álbuns mais recentes, "His Fleetwood Mac Years and Beyond", de 2003, e "His Fleetwood Mac Years and Beyond 2", de 2006, tinham material inédito.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy e Bob Tourtellotte)