June 20, 2012 / 5:38 PM / 5 years ago

Musical dos Beach Boys espera pegar boas ondas em Las Vegas

4 Min, DE LEITURA

Por Timothy Pratt

LAS VEGAS, 20 Jun (Reuters) - Enquanto os Beach Boys viajam o mundo em sua turnê de reencontro comemorando o aniversário de 50 anos, um musical sobre as aventuras de um surfista que traz os sucessos da banda espera pegar uma boa onda na cidade desértica de Las Vegas.

"Surf the Musical", uma produção de 90 minutos apresentando 35 canções dos Beach Boys que encarnam a essência da cultura do surf da Califórnia, faz sua pré-estreia na sexta-feira no Planet Hollywood Resort & Casino, antes de abrir temporada em 17 de julho por tempo indeterminado.

O show, com uma banda ao vivo e canções de sucesso como "Good Vibrations" e "Surfin USA", gira em torno de um surfista que deixa sua cidade de praia na Califórnia para a cidade grande, arrepende-se de sua escolha, e retorna para casa para o que ele mais ama: ondas, pranchas, e, claro, uma mulher.

"Surf the Musical" é a materialização de um sonho do produtor J. Burton Gold, 69 anos, um empresário da Califórnia, que tem sido fã da banda desde que era adolescente na década de 1960, e os viu ao vivo em sua turnê de reencontro em maio.

Gold licenciou os direitos de palco para dezenas de canções dos Beach Boys e trouxe Kristin Hanggi, a diretora do musical de sucesso da Broadway "Rock of Ages", para levar o show para o teatro.

Não é a primeira vez que os Beach Boys inspiram um musical. "Good Vibrations", que falava sobre três amigos de escola que dirigiram para a Califórnia, teve uma curta temporada na Broadway em 2005 depois de ser atacado pelos críticos de teatro de Nova York.

Mas Gold disse que queria que "Surf the Musical homenageasse e apresentasse a música", sem incorporá-lo em uma produção muito estilizada.

"Eu não queria transformar em um espetáculo Broadway. Eu queria mantê-lo Hawthorne", disse ele, referindo-se à cidade do sul da Califórnia onde os Beach Boys foram criados em 1961 por Brian Wilson, seus falecidos irmãos Dennis e Carl, seu primo Mike Love e o amigo Al Jardine.

"Surf the Musical" usa telas digitais gigantes para projetar cenários coloridos de calçadões, pôr do sol e publicidade dos anos 1960.

Hanggi cresceu em Huntington Beach -- um dos principais picos de surf da Califórnia - e quando ela tinha sete anos, ela "desgastou" uma fita cassete com o hit dos Beach Boys "Surfer Girl", contou ela.

Hanggi está nervosa em relação a um pequeno grupo de espectadores -- os próprios Beach Boys.

Os Beach Boys não tiveram nenhum envolvimento prático no show e não assistiram aos ensaios. Em vez disso, Brian Wilson, Love, Jardine e os membros iniciais da banda Bruce Johnston e David Marks estão ocupados na parte norte-americana de sua turnê mundial de reencontro pelo 50o aniversário e acabaram de lançar seu primeiro álbum de material novo desde 1989.

O álbum, "That's Why God Made the Radio", estreou em 3o na parada da Billboard na semana passada, a posição mais elevada para um álbum dos Beach Boys em 37 anos.

"Eles capturaram o otimismo e o coração da praia, o amor e a diversão", disse Hanggi. "Não seria assustador se eles não gostassem?", afirmou ela.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below