Animação da Disney "Valente" estreia em 1o lugar nas bilheterias

domingo, 24 de junho de 2012 17:37 BRT
 

LOS ANGELES, 24 Jun (Reuters) - O novo filme animado da Disney, "Valente", sobre uma rebelde princesa ruiva ficou no topo das paradas da bilheteria dos EUA e Canadá no fim de semana, faturando 80 milhões de dólares em vendas de ingressos em todo o mundo.

O conto de fadas do estúdio Pixar, da Disney, registrou 66,7 milhões de dólares nos cinemas norte-americanos e canadenses de sexta a domingo, mais 13,5 milhões de dólares nos mercados internacionais. "Valente" superou facilmente a nova mistura histórico/horror "Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros", que terminou em terceiro lugar no fim de semana.

"Valente" traz a 13a estreia em primeiro lugar consecutiva para a Pixar, estúdio que se tornou o mais confiável de Hollywood durante a sua história de 17 anos de produção de filmes.

O filme da Pixar jogou outra animação de público familiar, "Madagascar 3: Os Procurados", para o segundo lugar, após ficar por duas semanas seguidas no topo da lista. O filme sobre um grupo de animais que escapam do zoológico faturou 20 milhões de dólares nos EUA e Canadá durante o final de semana, e o total global desde a estreia subiu para 157,6 milhões.

Em terceiro lugar nas paradas nacionais, o suspense "Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros" arrecadou sólidos 16,5 milhões de dólares. O filme imagina o 16o presidente dos EUA lutando contra criaturas da noite que estão conspirando para dominar o país. Benjamin Walker estrela como Lincoln na produção em 3D que custou 70 milhões de dólares.

Em quarto lugar, o filme "Prometheus", sobre exploradores que buscam as origens da humanidade, do diretor de "Alien", Ridley Scott, acrescentou 10 milhões de dólares em vendas no mercado interno para atingir 108,5 milhões de dólares em vendas globais após três semanas.

O quinto lugar foi para "Branca de Neve e o Caçador", da Universal, que arrecadou 8 milhões dólares nos cinemas dos EUA e Canadá para atingir o total global de 137 milhões em quatro semanas.

(Reportagem de Lisa Richwine)