Famoso autorretrato de Da Vinci está em péssimo estado

terça-feira, 26 de junho de 2012 17:56 BRT
 

ROMA, 26 Jun (Reuters) - Leonardo da Vinci está doente e ninguém sabe de fato se ele será capaz de receber visitantes outra vez.

Especialistas em conservação e restauração de arte recentemente concluíram semanas de exames no famoso autorretrato de um dos maiores gênios da história, pintado no início dos anos 1500 quando ele era sexagenário.

E o diagnóstico é decididamente sombrio.

Os estudos não invasivos confirmaram os piores temores dos especialistas: o desenho está seriamente danificado e se deteriorando e qualquer restauração seria delicada e arriscada, para dizer o mínimo.

"Eu acho que devemos pensar bem antes de fazer qualquer coisa a esse rosto muito familiar", disse Jane Roberts, bibliotecária real e curadora da Sala de Reproduções do Castelo de Windsor.

"Mas podemos contar bem mais sobre ele ao continuar fazendo perguntas", ela disse em uma coletiva de imprensa em Roma.

O pequeno desenho do mestre renascentista, que mede 33,5 centímetros por 21,6 centímetros, mostra Leonardo com olhos pensativos e inchados, sobrancelhas grossas e uma barba solta.

O autorretrato, feito com giz vermelho sobre papel, está sofrendo do que os restauradores de arte chamam de "foxing", um termo genérico para manchas, marcas e pintas - sinais que não deveriam estar ali.

O foxing pode ser causado pela oxidação da pigmentação que Leonardo usou, por fungos no papel que foi feito de cânhamo, linho e lã, ou ainda por ferrugem do ferro presente nos pigmentos.   Continuação...