Leilão da Christie's trará obras renomadas a preços baixos

quinta-feira, 28 de junho de 2012 12:29 BRT
 

Por Chris Michaud

NOVA YORK, 28 Jun (Reuters) - Colecionadores de arte contemporânea terão a chance de aumentar suas coleções a preços relativamente baixos no próximo mês, quando a Christie's venderá obras de artistas como Andy Warhol, Cindy Sherman e Gerhard Richter.

A venda Open House, com preços começando em 2.000 dólares, inclui obras de proveniência impressionante, com o Museu de Arte Moderna e Museu de Arte Contemporânea de Chicago entre as instituições que colocaram peças de suas coleções no bloco.

Muitas das obras à venda em 16 de julho em Nova York são oferecidas sem preço de reserva, o valor mínimo secreto a que o vendedor se compromete a vender a peça.

Apesar do lote principal, a escultura de Ruth Asawa de 1962 "Untitled (S.073 Hanging Single Sphere, Five Layers Continues Form within a Form)", ter uma estimativa de até 150.000 dólares, outras obras como a serigrafia em papel de Jacqueline Kennedy do dia do assassinato de Kennedy, feita por Warhol em 1966, estão com preços muito mais baixos.

Estima-se que a obra de Warhol, entre as imagens mais conhecidas do artista pop, será vendida por 6.000 a 8.000 dólares.

A especialista da Christie's encarregada da venda, Nathania Nisonson, disse que este ano o mercado para arte pós-guerra e contemporânea tem mostrado uma força tremenda em todos os níveis.

A arte contemporânea tem estado na vanguarda do boom mais recente no mercado de arte, que continua a desafiar os instáveis mercados financeiros globais.

Em maio, a Christie's realizou o leilão de arte do pós-guerra de maior sucesso na história, ao mesmo tempo em que estabeleceu um recorde para qualquer obra individual do pós-guerra em leilão.

Os destaques do Open House incluem uma impressão de prata em gelatina sem título do fotógrafo Sherman, cujas décadas de trabalho como autoretratista foram destacadas em uma exposição aclamada no Museu de Arte Moderna de Nova York recentemente.