Katy Perry expõe "verrugas" em documentário

segunda-feira, 2 de julho de 2012 17:54 BRT
 

LOS ANGELES, 2 Jul (Reuters) - Era para ser só mais um show filmado, mas o fim do casamento da cantora Katy Perry com o comediante Russell Brand acabou dando origem a um documentário em que ela se revela as fãs "com verrugas e tudo".

Raros artistas se deixam filmar sem maquiagem pela manhã ou, pior ainda, se contorcendo de chorar no camarim, como ela se permite ver em "Katy Perry: Part of Me", que estreia em 3D na quinta-feira.

"Estou bem com mostrar o que há atrás da cortina", disse Perry, de 27 anos, numa recente entrevista à Reuters. "Estou bem em mostrar esse lado meu, porque ajuda as pessoas a se relacionar melhor (comigo) e pensar em mim como um ser humano".

No começo do filme, que acompanha a primeira turnê mundial dela, em 2011, Brand aparece feliz no camarim e a apanha de carro. Mas depois ele some da história, e Perry começa a sofrer surtos emocionais, para desespero da sua equipe.

O filme humaniza Perry de uma forma rara em Hollywood, onde a máquina de fazer astros cospe artistas que aprecem viver vidas glamurosas e despreocupadas, com as quais os outros podem apenas sonhar.

(Reportagem de Zorianna Kit)

 
A cantora e membro do elenco Katy Perry apresenta-se na estreia de "Katy Perry: Part of Me" no Grauman's Chinese Theatre em Hollywood, California, nos Estados Unidos. 26/06/2012 REUTERS/Mario Anzuoni