Ex-designer da Ferrari Pininfarina morre aos 85 anos

terça-feira, 3 de julho de 2012 12:18 BRT
 

MILÃO, 3 Jul (Reuters) - Sergio Pininfarina, cuja empresa da família projetou quase todas as Ferrari desde 1950 e cujo nome ainda é sinônimo de alguns dos carros mais glamourosos do mundo, morreu aos 85 anos.

A companhia Pininfarina informou nesta terça-feira que ele morreu durante a noite em sua casa, em Turim.

Pininfarina foi preparado por seu pai Gian Battista, um ex-fabricante de carruagens em Turim que fundou a influente casa de design de automóveis na década de 1930, para sucedê-lo no negócio desde que ele era criança.

Nascido em 1926, ele ingressou na empresa da família depois de se formar em engenharia mecânica pela Universidade Politécnica de Turim. Tornou-se presidente-executivo em 1961 e, em seguida, presidente do conselho quando seu pai morreu, em 1966.

Na época, a empresa já havia ascendido à proeminência através de um talento especial para tornar as últimas tendências de design aerodinâmico atraentes para um público mais amplo.

O prestígio da família na Itália era tanto que ela foi autorizada a mudar seu nome para Pininfarina do original Farina com um decreto presidencial em 1961. Pinin, que significa 'o pequeno' no Piemonte, era o apelido de Gian Battista.

O inovador modelo coupe Cisalfa, de 1947, projetado por Gian Battista "Pinin" Farina após a 2a Guerra Mundial, agora está exposto no Museu de Arte Moderna de Nova York. Era um dos modelos preferidos de Sergio.

Gian Battista também iniciou a conexão Ferrari em 1952, mas Sergio acabou por gerir a maioria dos projetos comuns e transformou um negócio que era artesanal em um nome de reconhecimento mundial.

Sob o comando de Pininfarina durante meio século, a produção da empresa automobilística cresceu de 524 unidades por ano para mais de 50.000.   Continuação...