Comediante britânico Eric Sykes morre aos 89 anos

quarta-feira, 4 de julho de 2012 12:24 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES, 4 Jul (Reuters) - Eric Sykes, um dos comediantes mais queridos da Grã-Bretanha, morreu aos 89 anos, informou sua empresária nesta quarta-feira.

Em uma carreira de mais de 50 anos, ele foi um colaborador regular no popular programa humorístico de rádio de 1950 "The Goon Show" e se tornou uma personalidade de liderança depois de estrelar sua própria série de televisão, "Sykes and a..." na década de 1960.

"Eric Sykes, 89 anos, estrela da televisão, do palco e cinema, morreu pacificamente esta manhã, após uma curta doença", disse sua agente Norma Farnes à Reuters. "Sua família estava com ele."

Sykes nasceu em Oldham, norte da Inglaterra, em 1923, e foi introduzido ao showbusiness enquanto trabalhava como operador sem fio na Royal Air Force.

Um encontro casual com o amigo de guerra e ator Bill Fraser, nos anos 1940, em Londres, levou a um avanço na escrita de comédia e à sua colaboração com o comediante Frankie Howerd no bem-sucedido programa de rádio "Variety Bandbox".

Sykes realizou mais trabalhos no rádio, incluindo o inovador Goon Show da década de 1950 --em parte para aliviar a carga de trabalho do seu cocriador Spike Milligan.

Seus primeiros projetos para a televisão incluem "The Howerd Crowd" e "The Tony Hancock Show", mas seu grande salto veio em 1960 com o lançamento de "Sykes and a..." em que ele estrelou ao lado de Hatti Jacques em um ato irmão-irmã que foi um sucesso com os telespectadores.

Sykes fez diversos papéis coadjuvantes em filmes como "Heavens Above!" (1963), "Those Magnificent Men In Their Flying Machines" (1965) e "The Spy With A Cold Nose" (1966).

Mas ele é melhor lembrado por seu filme virtualmente sem diálogos chamado "The Plank" (1967), em que ele e Tommy Cooper apareceram como dois operários entregando tábuas em uma construção.