July 10, 2012 / 3:58 PM / 5 years ago

Gilberto Gil sobe ao palco do Festival de Montreux

3 Min, DE LEITURA

Por Stephanie Nebehay

MONTREUX, Suíça (Reuters) - O vencedor do Grammy e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil realiza nesta terça-feira à noite um show no Festival de Jazz de Montreux, após ter gravado um álbum no estúdio suíço Dinemec durante o fim de semana.

Além dele, a norte-americana Melody Gardot também se apresenta nesta terça-feira no festival, que dura duas semanas e termina no sábado.

Na segunda-feira à noite, Hugh Laurie, Dr. John e Trombone Shorty fizeram um tributo ao blues de Nova Orleans com um show em três partes, que teve os ingressos esgotados e misturou músicas novas com clássicos do sul norte-americano.

Laurie, estrela do seriado médico "House" e vencedor do Grammy, abriu o concerto com "Mellow Down", cantando e tocando piano. Ele tocou algumas músicas de seu álbum de estreia de 2010, "Let Them Talk", incluindo "St. James Infirmary", "Buddy Bolden's Blues", e "Whinin' Boy".

"Foi uma experiência absolutamente maravilhosa estar aqui", disse Laurie aos fãs ao concluir o show de uma hora no Miles Davis Hall, onde os ingressos custaram até 220 francos-suíços (230 dólares).

Dr. John, vestindo um terno roxo, chapéu preto e colares de contas, entrou apoiado em uma bengala, e trouxe um toque de vudu de sua nativa Nova Orleans. Caveiras brancas estavam dispostas em cima de seu teclado e piano.

O músico de 71 anos de idade, com seu cabelo grisalho preso em um rabo de cavalo, tocou sucessos próprios incluindo "Rite Place".

A trombonista Sara Morrow se juntou a ele em um dueto de "(Makin') Whoopee", enquanto o tecladista e compositor Jon Cleary brilhou em um solo da sua composição "Occapella".

John terminou seu show de 90 minutos em uma guitarra elétrica branca com "Mama and Papa".

Bem depois da meia-noite, Troy 'Trombone Shorty' Andrews subiu ao palco, com dois trombones levantados no ar, para apresentar uma eletrizante "Slippery Lips", enquanto luzes estroboscópicas piscavam.

"Meu nome é Trombone Shorty e eu sou da grande cidade de Nova Orleans", disse o fenômeno de 26 anos de idade, vestido de preto e ostentando óculos vermelhos para sua segunda aparição em Montreux.

Relembrando os gigantes da música Ray Charles e Louis Armstrong, ele cantou "I Got a Woman" e o hino gospel "When the Saints Come Marching In", terminando pouco antes das 3 da manhã.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below