Extrema-direita francesa processa Madonna por imagem de suástica

domingo, 15 de julho de 2012 15:26 BRT
 

PARIS, 15 Jul (Reuters) - A Frente Nacional, partido de extrema-direita da França, vai processar Madonna depois que a cantora exibiu imagens da líder do partido, Marine Le Pen, com uma suástica sobreposta ao rosto em um show em Paris no sábado, disse uma autoridade do partido.

O vídeo, exibido em um imenso telão, já tinha sido usado em outros shows da turnê da cantora norte-americana, e mostra o rosto de Madonna fundindo-se aos de outras figuras públicas, como o papa Bento 16 e o ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, que foi derrubado por protestos populares no ano passado.

O rosto da líder da Frente Nacional aparece por alguns segundos com o símbolo fascista brevemente sobre ela, e é seguido pelo rosto de um homem que lembra Adolf Hitler.

"Um processo por difamação será apresentado na próxima semana", disse Florian Philippot, vice-presidente da Frente Nacional, à Reuters.

Ele descreveu as imagens como uma provocação "inaceitável" por tentar associar Marine Le Pen, que obteve 18 por cento no primeiro turno das eleições presidenciais na França em abril, com o fascismo.

(Reportagem de Patrick Vignal)

 
Cantora norte-americana Madonna durante show de sua turnê mundial MDNA em Berlim, na Alemanha. Autoridades da Frente Nacional, partido de extrema-direita da França, declararam que vão processar Madonna depois que a cantora exibiu imagens da líder do partido, Marine Le Pen, com uma suástica sobreposta ao rosto em um show em Paris no sábado. 28/06/2012 REUTERS/Thomas Peter