Patti Smith presta homenagem a São Francisco em Assis, na Itália

quarta-feira, 25 de julho de 2012 15:32 BRT
 

Por Philip Pullella

ROMA, 25 Jul (Reuters) - A cantora e compositora Patti Smith, cujo álbum mais recente, "Banga", em parte foi inspirado na vida de São Francisco, meditou diante da tumba dele na cidade de Assis, na Umbria, na quarta-feira. Ela também ajudou a restaurar um afresco de Giotto.

Smith, às vezes chamada de "Madrinha do Punk", passou diversas horas no grande complexo com basílica e convento, que também é o local onde o santo foi enterrado. Há séculos, São Francisco é uma inspiração para pacifistas e ambientalistas.

"Quando penso em São Francisco, não penso em religião, não penso em nenhuma regra nem regulamento", disse ela a um entrevistador para o site da basílica, o www.sanfrancescopatronoditalia.it/.

"Penso na natureza. Penso no amor dele pela natureza. Penso em seu amor absoluto pela vida e acho que qualquer ser humano pode se ligar a isso", disse ela na entrevista, antecipada à Reuters.

"Acho que São Francisco não exclui ninguém. Assim como Jesus Cristo. Se você se aproxima de São Francisco com amor, você recebe amor em troca."

Smith, de 65 anos, mais famosa por sua canção "Because the Night", de 1978, meditou diante da tumba de pedra do santo e depois uniu-se aos monges vestidos de marrom para um almoço frugal no refeitório.

São Francisco, que morreu em 1226, inspirou "Constantine's Dream", faixa do álbum "Banga".

A roqueira e escritora, que foi uma das primeiras frequentadoras do lendário clube punk CBGB de Nova York, disse ter sido influenciada por diferentes santos ao longo dos anos.   Continuação...