Juiz nomeia novo tutor para filhos de Michael Jackson

quarta-feira, 25 de julho de 2012 22:04 BRT
 

LOS ANGELES, 25 Jul (Reuters) - Um juiz de Los Angeles nomeou nesta quarta-feira um novo tutor temporário para os três filhos de Michael Jackson em meio a uma disputa envolvendo a mãe do cantor, seus irmãos e seu milionário espólio.

O magistrado Mitchell Beckloff decidiu que temporariamente os menores Prince Michael, de 15 anos, Paris, de 14, e Blanket Jackson, de 10, ficarão sob a guarda de um primo deles, Tito Jackson Jr., de 34 anos. Beckloff também proibiu as crianças de serem tiradas da Califórnia sem autorização judicial.

A decisão ocorre após uma semana caótica, com relatos conflitantes sobre a saúde e paradeiro da mãe de Michael, Katherine, de 82 anos, que foi dada como desaparecida por sua neta Paris, para que depois a família informasse que a matriarca estava descansando com parentes no Arizona.

Horas depois da decisão judicial, Katherine concedeu a sua primeira entrevista na TV desde que os relatos, muitas vezes conflitantes, surgiram, negando que havia sido sequestrada por seus filhos e dizendo que estava devastada pelo fato de seus netos terem sido "tirados de mim."

Katherine Jackson recebeu a guarda das crianças depois da morte do cantor de "Thriller", em 2009, aos 50 anos, vítima de uma overdose de medicamentos.

"Há rumores por aí sobre mim que eu fui sequestrada", ela disse à ABC News na entrevista. "Estou aqui hoje para deixar todo mundo sabendo que estou bem ... Meus filhos nunca fariam qualquer coisa assim comigo", acrescentou.

Katherine disse que a decisão judicial que deu a guarda provisória das crianças ao neto Tito foi "baseada em um monte de mentiras."

"Estou arrasada que, enquanto eu estive fora, meus netos foram tirados de mim, e eu estou voltando para casa", acrescentou.

Tito Jackson Jr. é filho de Tito, irmão de Michael.

(Reportagem de Jill Serjeant)