ESTREIA-Rodrigo Santoro estrela comédia sobre gravidez

quinta-feira, 2 de agosto de 2012 09:15 BRT
 

SÃO PAULO, 2 Ago (Reuters) - Uma comédia dramática recheada com histórias paralelas e interpretada por um elenco repleto de astros se tornou uma espécie de fórmula que sempre cheirou a tapeação.

Em "Noite de Ano Novo" (2011) e "Ele Não Está a Fim de Você" (2009), por exemplo, os atores eram de longe a maior atração --e a garantia de bilheteria--, já que os roteiros eram despreocupados o bastante para gerar qualquer empatia do público com suas personagens.

Embora "O Que Esperar Quando Você Está Esperando" siga o mesmo modelo e compartilhe a mesma desconfiança inicial, o resultado é outro.

Estrelado por Cameron Diaz, Jennifer Lopez, Rodrigo Santoro, Elizabeth Banks, Anna Kendrick, Dennis Quaid, entre outros, a produção entrega o que promete: uma comédia despretensiosa sobre as agruras e felicidades trazidas pela maternidade.

O filme acompanha a vida de cinco casais com diferentes experiências reprodutivas.

Rodrigo Santoro e Jennifer Lopez interpretam o produtor musical (Alex) e a fotógrafa (Holly) que pretendem adotar uma criança etíope, apesar das finanças dela e a relutância dele azedarem os planos.

Enquanto isso, a impaciente e intolerante guru da vida saudável na TV, Jules (Cameron Diaz), engravida de seu instrutor Evan (Matthew Morrison, da série "Glee"), durante a competição televisiva "Dançando com as Estrelas".

Wendy (Elizabeth Banks, de "Jogos Vorazes") e Gary (Ben Falcone, de "Missão Madrinha de Casamento") compõem o núcleo mais cômico da trama. Ela é dona de uma loja de produtos para bebês que, depois de anos de tentativas, finalmente consegue engravidar. Daí seu encantamento pelo "brilho" da gestação, período que acaba se mostrando um vexatório suplício físico e mental.

O marido Gary tem seus próprios problemas a resolver com seu pouco afetivo pai, o ex-piloto de carros de corrida Ramsey (Dennis Quaid). Vítima do espírito de competição de seu progenitor desde sua infância, Gary deverá enfrentar o impensável: o pai também engravidou a esposa, décadas mais jovem, e, pior, são gêmeos.   Continuação...