Franquia "Bourne" transfere legado para Jeremy Renner

terça-feira, 7 de agosto de 2012 15:43 BRT
 

Por Zorianna Kit

LOS ANGELES, 7 Ago (Reuters) - Quando o ator Matt Damon decidiu não fazer o quarto filme como o agente da CIA Jason Bourne, os produtores da franquia optaram por algo diferente - uma "sequência ao mesmo tempo".

"O Legado Bourne", o mais recente filme de ação da lucrativa franquia, estreia nos cinemas norte-americanos na sexta-feira, com o ator Jeremy Renner, de "Guerra ao Terror".

Renner interpreta um personagem totalmente novo, o agente Aaron Cross, cuja história ocorre em um tempo concomitante aos acontecimentos de "O Ultimato Bourne", de 2007, com Damon no papel principal.

"Não é uma sequência nem uma pré-sequência, é uma sequência ao mesmo tempo", disse aos jornalistas o produtor da franquia, Frank Marshall.

"Houve um equívoco de interpretação de que Jeremy estaria substituindo Matt", afirmou Marshall. "Isso era a única coisa que queríamos deixar claro - eles são agentes diferentes. Bourne ainda está por aí e Aaron Cross chegou agora."

A franquia Bourne, inspirada livremente nos romances de Robert Ludlum, foi inaugurada em 2002 e os primeiros três filmes arrecadaram mais de 945 milhões de dólares nas bilheterias mundiais para a Universal Pictures e transformaram Damon em astro de filmes de ação.

Damon interpreta um assassino da CIA com perda de memória que tenta descobrir sua verdadeira identidade enquanto foge da CIA, que tenta matá-lo.

"O Ultimato Bourne" termina com Bourne fugindo da captura e expondo publicamente os programas da CIA nos quais foi treinado. No filme novo, o homem responsável por criar esses programas, o coronel Eric Byer (Edward Norton), decide destruir seis agentes geneticamente modificados - incluindo Cross, personagem que não existe nos romances de Ludlum.

O novo filme acompanha as tentativas de Cross de fugir dos perseguidores da CIA, enquanto busca a ajuda da geneticista Marta Shearing, interpretada por Rachel Weisz, para obter os medicamentos de que ele precisa desesperadamente.

"A coisa mais bacana é que fazemos uma ligação telefônica do último filme para este", afirmou Marshal, acrescentando que Jason Bourne é citado e debatido em "O Legado Bourne". Além disso, os veteranos da franquia Albert Finney, Joan Allen, David Strathairn e Scott Glenn estão de volta aos seus papéis originais.