Símbolo da era hippie, cantor Scott McKenzie morre aos 73 anos

segunda-feira, 20 de agosto de 2012 20:37 BRT
 

LOS ANGELES, 20 Ago (Reuters) - O cantor Scott McKenzie, que ajudou a dar cara ao movimento hippie com sua gravação de "San Francisco (Be Sure to Wear Flowers in Your Hair)", em 1967, morreu no sábado aos 73 anos em sua casa em Los Angeles.

O site oficial do cantor disse que ele sofria da síndrome de Guillain-Barre, que afeta o sistema nervoso.

"San Francisco", de autoria do falecido John Phillips, da banda californiana The Mamas and The Papas, se tornou um hit mundial em 1967, estimulando milhares de jovens a rumar para a cidade atrás do amor livre e do "power flower".

McKenzie disse no site que a música "não era tanto sobre a cidade e sim sobre uma ideia, tinha mais a ver com o Festival Pop de Monterey".

Depois da música, o próprio McKenzie rompeu com a sociedade convencional e passou dez anos morando na Virgínia. Nas décadas de 1980 e 1990 participou do The Mamas and the Papas até a dissolução da banda.

Desde 2010, por causa da doença, ele teve sucessivas internações, e em 18 de agosto pediu para ter alta e morrer em casa, segundo seu site.

(Reportagem de Jill Serjeant)