ESTREIA-Dificuldades amorosas embalam "A Arte da Conquista"

quinta-feira, 23 de agosto de 2012 09:53 BRT
 

SÃO PAULO, 22 Ago (Reuters) - "A Arte da Conquista", do diretor e roteirista Gavin Wiesen, é um daqueles filmes feitos para adolescentes em crise, que perderam o interesse por tudo à sua volta e nem são capazes de perceber que a garota ao lado está caída de amores e à espera de que eles tomem a iniciativa.

É isso o que acontece com George (Freddie Highmore, de "Arthur e os Minimoys"), que está no último ano do segundo grau, e corre o risco de não se formar por não se empenhar nos estudos. É desatento na sala de aula, não faz os deveres de casa e parece não se importar com o futuro. O que mais o preocupa é a consciência de sua mortalidade.

Nas aulas, passa o tempo desenhando em seu caderno e não se relaciona com ninguém. Os professores e o diretor da escola tentam ajudar, mas se declaram impotentes. Em casa, o rapaz pouco convive com os pais, principalmente o padrasto, preferindo permanecer no quarto e prosseguir com seus desenhos.

Sally (Emma Roberts, sobrinha de Julia Roberts), colega de classe, se aproxima e tenta iniciar uma amizade. A garota procura passar ao largo do comportamento nada convencional da mãe divorciada, que vive trocando de namorados. Essa disfuncionalidade familiar diverte George e acaba aproximando os dois jovens.

Mesmo quem pegou o filme depois de começado vai perceber que os dois estão apaixonados, mas têm dificuldades em admitir. Ele, por sua excessiva timidez e confusão existencial; ela, por esperar um primeiro gesto dele e temer não ser correspondida. Se entre adultos o problema é de difícil solução, imagine para dois jovens que estão descobrindo sua sexualidade e temem perder a amizade se derem um passo em falso.

A situação vai se complicar mais quando entrar em cena Dustin (Michael Angarano), um artista que estudou na mesma escola e é escalado para ajudar George a decidir o que fazer da vida, já que corre o risco de perder o ano e não conseguir ser aceito numa universidade. O problema é que Dustin também ficará muito próximo de Sally. O mundo de George está realmente entrando em colapso e chegou a hora de ele tentar se salvar.

(Por Luiz Vita, do Cineweb)

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb